• 19 ago 21

    Na noite da última segunda-feira, 16 de agosto, tive a honra de participar do Congresso Brain Behavior and Emotions 2021. Este ano, palestrei com outros profissionais gabaritados nas diferentes áreas relacionadas à neurociência e falei sobre as “Possibilidades e limites da telemedicina para a avaliação clínica em idosos – Avaliação geriátrica global (AGA).”
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A telemedicina vem como alternativa para diagnosticar o paciente com rapidez e protegê-lo dos possíveis contágios em tempos de pandemia. No entanto, ainda não há consenso sobre seu uso em todos os casos nos idosos. Enquanto algumas enfermidades, como cefaleias e ferimentos leves, podem ser diagnosticadas à distância, em outros casos a dificuldade se dá por conta do conflito geracional e da necessidade de um olhar clínico mais apurado para esse indivíduo.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A pandemia nos trouxe alguns desafios e, sem dúvidas, a telemedicina para o atendimento ao idoso é um deles.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    E se você se interessa por temas relacionados à geriatria, convido a conhecer minhas aulas na BrainTV.

Categorias