• 26 fev 20

    Hoje amanhecemos com a confirmação de um caso do coronavírus (COVID-19) em São Paulo, sendo o primeiro registrado no Brasil e entre os países da América Latina. Essa afirmação é resultado dos exames realizados no Hospital Israelita Albert Einstein, e da chamada “contraprova”, que foi o teste feito no decorrer desta terça-feira, no Instituto Adolfo Lutz.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    O paciente, um homem de 61 anos de idade, retornou de uma viagem à trabalho na Itália, uma das regiões do continente europeu em que há registros de casos do vírus.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Embora seja uma situação desafiadora, não há motivo para termos pânico. O paciente está sob cuidados médicos e passa bem. Os planos de contingência do Ministério da Saúde devem ser ativados agora.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Se você está se perguntando se há algo que possa fazer para reduzir o risco do contágio pelo coronavírus, devo dizer que sim. Ainda não há uma vacina que nos torne imunes à ele, mas, há medidas que podemos adotar que podem nos ajudar.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Sabemos que os idosos são mais suscetíveis ao vírus, conforme temos observado nos indicadores mundiais.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Por que isso acontece?
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Um dos fatores que podemos citar refere-se a⠀imunossenescência, que é o envelhecimento natural do organismo do ser humano, que pode deixar a pessoa mais suscetível a infecções em geral, como o coronavírus.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Falei sobre esse assunto e compartilhei algumas dicas de cuidados voltados especialmente aos idosos em meu artigo deste mês, publicado na Coluna Chegue Bem que você pode conferir aqui http://bit.ly/maisakairalla-chegue-bem-saude-coronavirus ).
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Também esclareci essa questão para o blog Casa Saudável, do NE 10
    http://bit.ly/maisakairalla-na-midia-ne10-coronavirus
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    #coronavirus #influenza #imunossenescência#vacinação #imunização #idosos #longevidade #geriatria

Categorias